segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Responsabilidade Social - FAB lança campanha para doação de medula óssea





Tiago tinha pouco mais de dois anos de idade quando passou a ter febres altas e diárias. Os pais perceberam também que o garoto passou a ter mudanças bruscas de humor. Após exames, o resultado foi difícil de aceitar: o menino é vítima de leucemia. “A solução para ele é o transplante de medula óssea. Confiamos muito que ele seja salvo”, disse o pai de Tiago, Wanderson Barbosa Santos, que é militar da Força Aérea Brasileira (FAB). Diante de casos como o do menino, hoje com quatro anos de idade, a FAB resolveu lançar uma campanha de conscientização para a importância da doação de medula óssea.

Ouça entrevista com coordenador nacional do registro de doadores

A campanha inclui ações para mobilizar efetivos da Aeronáutica em todo o Brasil. O objetivo é principalmente ampliar a participação dos militares em ações cívico-sociais, além da realização de palestras em organizações militares, para contribuir com o aumento do Redome (banco de dados que referencia a compatibilidade entre os potenciais doadores cadastrados e pacientes em espera).

Segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA), o doador precisa ter entre 18 e 55 anos de idade. Para se cadastrar, o candidato a doador deverá procurar o hemocentro mais próximo de sua casa, onde será agendada uma entrevista para esclarecer dúvidas a respeito das doações. Em seguida, é feita a coleta de uma amostra de sangue (5 ml) para a tipagem de HLA (características genéticas importantes para a seleção de um doador). A partir disso, o sistema é capacitado para fazer essa primeira checagem de compatibilidade. Gesto simples com uma pequena quantidade de sangue que pode fazer a diferença na vida de crianças como Tiago.

Saiba mais sobre doação de medula óssea ( http://www.inca.gov.br/conteudo_view.asp?id=64 )

Perguntas e respostas sobre transplante de medula óssea - http://www1.inca.gov.br/conteudo_view.asp?ID=125

Para quem quiser participar ou enviar sugestões: faleconosco@fab.mil.br

Mais informações (61) 3966-9655

Fonte: Agência Força Aérea


Nenhum comentário:

Postar um comentário