terça-feira, 22 de novembro de 2011

Gustavo Martins ainda sem doador



Foi há uma semana que Carlos Martins apelou aos colegas daSelecção para doarem medula óssea. Milhares de portugueses acederam ao apelo, mas continua por encontrar um dador compatível com Gustavo Martins, o menino de três anos, filho do médio, que sofre de aplasia medular. No entanto, ainda pode demorar até que seja encontrado um dador.

Helder Trindade, director do Centro Nacional de Dadores de Células de Medula Óssea, Estaminais ou de Sangue do Cordão (CEDACE), disse ao CM que "um dador de quem seja colhido sangue hoje pode demorar dois a três meses até estar tipado e registado na base de dados". A demora deve-se ao excesso de trabalho que existe actualmente nos serviços do CEDACE.

Anteontem, Carlos Martins, acompanhado do filho, voltou a apelar à doação de medula óssea, após o jogo frente ao Maiorca, em que marcou um golo. Para hoje, estão agendadas acções de recolha de medula em Braga (no Estádio AXA), Trofa (CENFIM), Seixal(Câmara Municipal) e Oeiras (Bateria da Lage).


http://www.vidas.xl.pt/noticias/nacionais/detalhe/gustavo_martins_ainda_sem_dador.html


Nenhum comentário:

Postar um comentário