terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Quarto de Gianecchini tem filtro de ar e câmara de isolamento



As visitas ao ator - que foi submetido a um transplante de medula óssea na última quinta-feira, 12 - usam roupas especiais esterilizadas e máscaras.

Reynaldo Gianecchini no enterro do pai (Foto: Manuela Scarpa/Photorionews)Reynaldo Gianecchini (arquivo)
O quarto do hospital Sírio Libanês, em São Paulo, onde Reynaldo Gianecchini está internado tem um filtro de ar e uma antesala para tentar evitar que o ator tenha contato com qualquer impureza que possa levá-lo a uma infecção. Gianecchini se submeteu a um transplante autólogo de medula óssea na última quinta-feira, 12, para combater um linfoma T Angioimunoblástico, descobertoem agosto.
A informação foi obtida com exclusividade pelo EGO por meio de uma fonte ligada ao ator.
Os próximos dias serão decisivos para o estado de saúde de Gianecchini, por isso a recomendação é que ele não receba visitas. As poucas pessoas que têm tido acesso ao ator - como a mãe, Heloísa, que o acompanha durante todo o processo - têm usado roupas especiais esterilizadas, máscaras e permanecido apenas 30 minutos no quarto, além de ter de passar por essa espécie de câmara de isolamento.
GIanecchini tem sido submetido a exames diários para medir a quantidade de neutrófilos e plaquetas em seu sangue. O transplante só terá sido bem sucedido quando ele, por três dias consecutivos, apresentar resultados com 500 neutrófilos e plaquetas acima de 20 mil. Espera-se que ele atinja esses valores em cerca de 15 dias.
Segundo a fonte do EGO, no momento, Reynaldo Gianecchini se encontra em "aplasia profunda". O estado - esperado devido ao procedimento a que foi submetido - quer dizer que ele tem quantidades anormalmente baixas de neutrófilos e plaquetas em seu sangue.
Ainda de acordo com a fonte, ele está bem abatido, mas, como em todas as etapas de sua luta contra a doença, absolutamente confiante em sua recuperação

Nenhum comentário:

Postar um comentário