segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

Futuro de Gustavo Martins continua nas mãos de um doador

Quase três meses depois de ser tornado público o problema de saúde do filho mais velho do futebolista Carlos Martins e a necessidade urgente de um transplante de medula óssea, "continua tudo igual". O desabafo é feito pelo irmão do jogador do Málaga, Nelo Martins que, contactado pelo JN, reconheceu que "o futuro é uma incógnita". "O Gustavo está estável, mas continua a precisar do transplante. O grande problema dele é ao nível das plaquetas que o obrigam a fazer transfusões mais ou menos de quinze em quinze dias. Os outros valores podem subir um bocado, mas descem logo, enquanto o das plaquetas não. Ele tem estado controlado e todas as semanas vai ao hospital em Espanha, mas não sabemos como será a longo prazo", explicou o tio do petiz.



Gustavo "ainda é muito pequeno e não se apercebe da gravidade da situação mas, no outro dia, disse à médica que não queria mais 'paquetas', ou seja, plaquetas", contou ainda Nelo Martins. Segundo ele, Gustavo "é uma criança resistente, apesar do que tem passado. O facto de ter sido uma criança saudável até ao momento do diagnóstico também tem ajudado a que não vá muito abaixo e continue a ser uma criança alegre". Agora, "ele parece melhor e houve uma revista que até escreveu que já estava bem mas, infelizmente, não está. O meu sobrinho desinchou quando suspenderam o tratamento de cortisona - pois não estava a fazer efeito - e ficou com um aspecto mais saudável. No entanto, continua a ser urgente o transplante".
Recorde-se que foi em Agosto do ano passado, depois de uma queda, que os médicos descobriram que o pequeno Gustavo sofre de aplasia medular. A cura passa obrigatoriamente por um transplante de medula óssea. Feitos os exames aos familiares mais próximos, entre eles os irmãos de Gustavo, Bruna, de 11 anos, (filha apenas da parte da mãe, Mónica) e Martim, de apenas um ano, nenhum se revelou compatível, por isso a esperança depende de um dador desconhecido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário