quarta-feira, 18 de abril de 2012

Hemosul cadastra 234 doadores de médula óssea na última campanha


Ao todo, 234 doadores de medula óssea se cadastraram no Hemosul (Centro de Hematologia e Hemoterapia de Mato Grosso do Sul) no último domingo (15), durante o evento da Campanha da Fraternidade “Promover Saúde é Promover Vida”. A ação aconteceu nos altos da avenida Afonso Pena, na Cidade da Saúde, onde foi colocada uma unidade móvel do Hemosul para captação de doadores.
A ação também teve como objetivo conscientizar a população sobre como é feita a doação da medula. Pessoas entre 18 e 55 anos, com boa saúde estão aptas a fazer a doação. A forma mais comum das doações é a retirada da medula do interior dos ossos, na região da bacia, por meio de punção. O método não é uma cirurgiã, sendo considerado simples. O transplante de medula é a única esperança de cura para portadores de leucemias, além de outras doenças do sangue.
No próximo fim de semana, o Hemosul deverá receber novos doadores por meio de uma campanha realizada pela torcida do Corinthians da Capital.
Doações de sangue:
O Hemosul precisa de sangue do tipo negativo para esta semana. Podem doar pessoas com idade entre 16 e 68 anos. Para fazer a doação é necessário levar o documento com É necessário que o doador tenha se alimentado, além de não ter ingerido bebida alcoólica nas últimas 12 horas. Menores só podem doar se tiverem autorização dos pais ou responsáveis. O Hemosul fica na avenida Fernando Corrêa da Costa, n°1.304, na região central de Campo Grande. O horário de funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 7h às 17h30 e no sábado das 7h às 12h30. Interessados podem entrar em contato com o Hemosul pelo telefone 3312-1517
http://www.campograndenews.com.br/cidades/capital/hemosul-cadastra-234-doadores-de-medula-ossea-na-ultima-campanha

Nenhum comentário:

Postar um comentário