segunda-feira, 27 de agosto de 2012

João Bombeirinho encontra doador para transplante de medula


O menino João Daniel de Barros, 6 anos, o "João Bombeirinho", encontrou um doador de medula óssea compatível para o transplante, após quatro anos de espera. Ele e a mãe, Ana Paula Estevam, viajam para Curitiba, onde, dia 29, João inicia os procedimentos preliminares no Hospital das Clínicas. A notícia foi dada ontem, pelo senador Alvaro Dias, em seu blog. Após o transplante, João ficará em Curitiba pelos próximos 100 dias.

Divulgação
João Bombeirinho encontrou doador de medula óssea

O diagnóstico de leucemia linfoide aguda foi dado quando João Bombeirinho tinha apenas 1 ano e 11 meses. A partir daí, o menino enfrentou sessões de quimioterapia e passou por cirurgias durante dois anos, mas a doença não regrediu e os médicos disseram que só um transplante de medula óssea traria a cura a João. A partir daí, a família iniciou a busca por um doador compatível, já que nenhum parente poderia ser o doador. E veio o problema: as chances de achar um doador em um banco público de medula óssea são raras e podem ser de até uma em 1 milhão.
Foi assim que João Bombeirinho se transformou em símbolo nacional da campanha pela doação de medula óssea.

Nenhum comentário:

Postar um comentário