segunda-feira, 15 de outubro de 2012

Hemoal necessita de doação de para atender crianças com Leucemia


Para atender os crianças que estão em tratamento contra a Leucemia, a exemplo do pequeno Leonardo Lucas de Almeida, 9 anos, o Hemocentro de Alagoas (Hemoal) necessita de doações de plaquetas. Isso porque, as plaquetas são hemocomponentes que impedem hemorragias sanguíneas, mas, em razão da Leucemia, o organismo tem dificuldade em produzi-las, provocando sangramentos, dores de cabeça, palidez e manchas roxas na pele, segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA).
Produzidas pela medula óssea, as plaquetas são imprescindíveis, principalmente, para pacientes que passam por quimioterapia e radioterapia. Isso porque, estes dois procedimentos são utilizados para destruir as células cancerígenas do sangue, representando, muitas vezes, um processo preparatório para a doação de medula óssea, que utilizada como tratamento da Leucemia.
Para realizar a doação de plaquetas, o voluntário deve ter entre 18 a 60 anos de idade, peso igual ou superior a 60 kg e boas condições de saúde. Segundo o Ministério da Saúde (MS), não pode ter contraído doença de Chagas, sífilis, hepatite e HIV, além de apresentar um documento de identificação com foto no momento do cadastro. Em seguida, o voluntário é submetido a uma avaliação médica, para analisar sua condição de saúde.
Após este processo, o doador será encaminhado para realizar a doação de plaquetas por aférese, onde são preservadas as hemácias e o plasma. Após a doação, o organismo realiza a reposição das plaquetas em até 48 horas, segundo a enfermeira do Hemoal, Karla Modesto. Ela assegura que todo o processo é seguro e não trás risco à saúde do doador, uma vez que o material utilizado é descartável e a equipe multidisciplinar é capacitada.
Onde doar – Para realizar a doação o voluntário deve comparecer no Hemoal, localizado na Rua Dr. Jorge de Lima, no bairro Trapiche, próximo ao Estádio Rei Pelé. O órgão funciona das 7h às 18h, de segunda a sexta-feira, além de atender aos sábados, no horário das 8h às 12h. Mais informações podem ser obtidas por meio do telefone (82) 3315 2109 e do e-mailhemoal@saude.al.gov.br

FONTE>>http://primeiraedicao.com.br/noticia/2012/10/15/hemoal-necessita-de-doacao-de-para-atender-criancas-com-leucemia

Nenhum comentário:

Postar um comentário