segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

Brasil registra 17 mil novos casos de mieloma múltiplo por ano


Mieloma múltiplo é um tipo de câncer que se desenvolve na medula óssea, especialmente em pacientes idosos

São Paulo - mieloma múltiplo, um tipo de câncer na medula óssea, provoca anemia e a destruição dos ossos. No Brasil, anualmente, são registrados 17 mil novos casos da doença, de acordo com os estudos da International Myeloma Foundation Latin America, organização dedicada à melhoria da qualidade de vida dos pacientes de mieloma e seus familiares, presente em mais de 113 países.

Vânia Hungria, professora adjunta da disciplina de hematologia e oncologia da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, explica que todo tipo de câncer é um aumento exagerado de um determinado tipo de célula.

“No caso do mieloma – que acomete principalmente idosos – essa célula se prolifera e se infiltra por toda a medula óssea. Sabemos que 80% dos pacientes com a doença apresentam comprometimento ósseo e 20% têm problemas renais”, afirma a especialista.

Os principais sintomas do mieloma são: dores na coluna vertebral e bacia, além de fraqueza e cansaço físico, devido à anemia. A professora informa que no Brasil o diagnóstico da doença costuma ser tardio, pois as pessoas demoram para se consultar com um médico.

Para diagnosticar a doença é preciso realizar um exame chamado eletroforese de proteínas. Segundo Vânia, não existe cura para esse tipo de câncer.

“Porém, com o tratamento, o tempo de vida mediana dos pacientes é de cinco anos, o que dependerá de vários fatores, incluindo o quadro de saúde e idade do indivíduo. De acordo com as condições clínicas, pode ser indicado o transplante de medula óssea. Caso contrário, o tratamento é feito com medicamentos que também são muito eficientes”, conclui.

Fonte: D24am.com com informações do site ATMO - Amigos do Transplante de Medula Óssea

Nenhum comentário:

Postar um comentário