domingo, 6 de janeiro de 2013

Cirurgias programadas foram suspensas por falta de sangue

Hemoal decidiu priorizar casos de urgência e emergência.
Medida é para garantir abastecimento do Hospital Geral do Estado.


Estoque de sangue do Hemoal está abaixo do mínimo (Foto: G1 AL)

O baixo estoque de sangue no Hemocentro de Alagoas (Hemoal) provocou o adiamento das cirurgias programadas em hospitais públicos de Maceió.

As bolsas de sangue que estavam nas unidades de saúde foram recolhidas para garantir o abastecimento do Hospital Geral do Estado (HGE), referência no estado no atendimento de urgência e emergência.

“Suspendemos os atendimentos eletivos para que não falte sangue para os pacientes que estão internados na ala vermelha do HGE”, justifica Verônica Guedes, diretora do Hemoal. “Só quando o estoque voltar ao normal iremos distribuir sangue para outros hospitais e maternidades da cidade”.

Segundo ela, o estoque está abaixo do mínimo permitido devido aos acidentes nos feriadões do Natal e Réveillon, além de ser pequeno o número de doadores nessa época do ano. “Contamos com menos de 150 bolsas de sangue, quando o mínimo deveria ser 300”.

As doações podem ser realizadas das 7h às 18h no Hemoal Trapiche, que fica localizada na Rua Dr. Jorge de Lima, no bairro Trapiche, próximo ao Estádio Rei Pelé, além dos sábados, das 8h às 12h.

Aqueles que não puderem se dirigir até o prédio central, podem comparecer ao Hemoal Farol, situado no Hospital do Açúcar, localizado na Avenida Fernandes Lima. A unidade funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 11h.

No interior do Estado, as doações podem ser realizadas no Hemoar, das 8h às 18h. O órgão está localizado na Rua Dr. Geraldo Barbosa, no Centro de Arapiraca.



FONTE
.
http://g1.globo.com/al/alagoas/noticia/2013/01/cirurgias-programadas-foram-suspensas-por-falta-de-sangue.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário