sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

Torne-se um doador de medula óssea


Diagnosticado com Leucemia Linfóide Aguda em agosto de 2009, Anderson Paulart Junior passou por tratamento quimioterápico no Hospital Pequeno Príncipe, em Curitiba. Em 2011 a doença se manifestou e foi constatada a necessidade de realizar o transplante de medula óssea.
Segundo o pai do garoto, Anderson Paulart, ainda hoje não foi encontrado um doador compatível. A família solicita a colaboração de todos para que realizem o cadastro no Banco Nacional de Doadores de Medula Óssea, para que possam encontrar um doador compatível ao garoto e a tantas outras pessoas que necessitam.
Para se tornar doador é necessário realizar o cadastro em um hemocentro, ter entre 18 e 55 anos, fazer a coleta de 10ml de sangue para Tipagem genética (HLA), assinar o Termo de Consentimento para a sua tipagem ser cadastrada no Registro Nacional de Doadores Voluntários de Medula Óssea – REDOME. Se a compatibilidade for confirmada, você será convidado a fazer a doação, que é realizada em um centro cirúrgico, sob anestesia e requer internação de, no mínimo, 24 horas.
O cadastro e a doação são livres de quaisquer ônus ou bônus para o doador. Este cadastro é único e você somente será avisado em caso de compatibilidade com algum paciente que aguarda o transplante. É possível realizar a doação em nome do paciente Anderson Paulart Junior e em seguida fazer o cadastro nacional.

Nenhum comentário:

Postar um comentário