quarta-feira, 29 de maio de 2013

Ana Cecília recebe medula óssea da irmã

Finalmente teve desfecho a luta da pequena Ana Cecília, de apenas 4 anos, que desde 2011 lutava por um transplante de medula óssea. No último sábado (25) a esperança da família da pequena menina se renovou. O motivo foi a doação da medula de sua irmã, Letícia. O procedimento aconteceu no Instituto de Tratamento de Câncer Infantil (Itaci), em São Paulo.
De acordo com a família da menina, Cecília está se recuperando muito bem, e não houve nenhuma complicação no pós-operatório. Ainda segundo a família, o procedimento foi autorizado pelo Sistema Único de Saúde (SUS), e nenhuma verba do Governo do Estado foi utilizada. 

Campanha
Dona Lísia não vê a hora de dar um abraço apertado na neta. A avó da pequena Ana Celília, 4 anos, que está em São Paulo para tratar de uma Leucemia Linfóide Aguda, aguarda ansiosa a volta para casa da menina, que se tornou mais um símbolo de superação na luta contra a doença. 

O drama da família se arrasta há dois anos, quando descobriu a leucemia em Ana Cecília, após notar um caroço no pescoço da criança. Teve início uma peregrinação em hospitais até o diagnóstico definitivo.

O tratamento foi iniciado em Fortaleza, onde Cecília foi submetida a várias sessões de quimioterapia. A menina respondeu bem e fez um teste de compatibilidade com uma das irmãs, de 6 anos. O resultado foi 100 por cento positivo. Para ajudar na luta pela recuperação da pequena, a TV Cidade lançou uma campanha para ajudar na permanência da menina em São Paulo, com o intuito de continuar o tratamento.

Luta
Ana Cecília foi diagnosticada com um tumor, em junho de 2011. A doença evoluiu e se transformou em um câncer na medula. Desde então, a menina realiza tratamento para se livrar da doença. No entanto, em agosto de 2012, os médicos descobriram que Cecília precisa de um transplante de medula para ficar curada. A irmã de Cecília, Larissa, de 7 anos, tem a medula compatível e deve ser a doadora.

Por conta disso, a menina se mudou com os pais para São Paulo, onde o tratamento e a cirurgia poderiam ser feitos.

Desde dezembro do ano passado, os pais de Ana Cecília fazem campanha nas redes sociais para ajudar a arrecadar fundos para o transplante. Entretanto, para antecipar a cirurgia, os pais da garota entraram com ação na Justiça exigindo que o Governo do Estado custeasse o procedimento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário