quarta-feira, 29 de maio de 2013

Comissão aprova selo para empresas que incentivem a doação de medula

Dep. Pastor Eurico (PSB-PE)

A Comissão de Seguridade Social e Família aprovou, na quarta-feira (22), o Projeto de Lei 4539/08, do deputado Beto Albuquerque (PSB-RS), que cria o selo "Empresa Solidária com a Vida", destinado a empresas que desenvolvam programa permanente de esclarecimento e incentivo a seus funcionários para a doação de sangue e de medula óssea.


A empresa que aderir ao programa poderá utilizar o selo em suas peças publicitárias e ser citada nas publicações promocionais oficiais. O projeto propõe também a criação de um Cadastro Nacional de Empresas Solidárias com a Vida. A partir desse cadastro, seriam selecionadas cinco empresas, anualmente, para receberem o título “Empresa Campeã de Solidariedade”, como forma de premiação.


Conscientização
O relator, deputado Pastor Eurico (PSB-PE), alterou um ponto do texto, determinando que a empresa dê condições ao trabalhador para que ele possa ir ao banco de sangue ou cadastrar-se como doador de medula. A redação inicial previa que a empresa concedesse benefícios ao trabalhador, palavra alterada pelo relator.


Eurico defende que o projeto vai envolver outros setores sociais na conscientização para a doação de sangue e de medula, medida benéfica para quem espera uma doação. “A iniciativa também é meritória ao dar valor às ações destinadas a informar e orientar os trabalhadores sobre a doação de sangue e o cadastro de doadores”, disse.


Tramitação
A proposta tramita em caráter conclusivo e ainda será analisada pelas comissões de Desenvolvimento Econômico, Indústria e Comércio; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Nenhum comentário:

Postar um comentário