quinta-feira, 2 de maio de 2013

Cooperação entre governo e telefônica busca doadores de sangue e medula óssea


Para fortalecer a campanha nacional “Casa Comigo? Sou Doadora de Sangue e Medula Óssea”, o governador Confúcio Moura assinou, na segunda-feira (29), na Procuradoria Geral do Estado (PGE), o Termo de Cooperação entre o governo de Rondônia, através da Fundação de Hematologia e Hemoterapia de Rondônia (Fhemeron), e a empresa de telefonia Vivo. A parceria foi realizada com intuito de divulgar a campanha.
{08D164FD-7E34-4585-BECF-A00EEFF51829}_1 - capa-1_640x354
O Termo possibilita que os clientes da Vivo, de Porto Velho, recebam torpedos com o link do vídeo da campanha que poderá ser reproduzido nas redes sociais. “Com essa iniciativa queremos incentivar e conseguir mais doadores regulares de sangue e ampliar o cadastro de doadores voluntários de medula óssea em Rondônia”, explicou Confúcio Moura.
A campanha surgiu de uma iniciativa de jornalistas e publicitários rondonienses. Eles produziram um vídeo que tomou proporção nacional e chegou a ser elogiada na página do próprio Ministério da Saúde e atraiu o interesse da operada que reconheceu a criatividade e a importância da campanha que possui como peça principal de divulgação um VT, feito em forma de viral para divulgação na internet.
1 - publicitario_640x393(1)
Ainda de acordo com o governador, assíduo usuário das redes sociais, “um governo sozinho é incapaz de pensar tudo. Só me resta agradecer a iniciativa destas pessoas que produziram algo muito bem feito e inovador, agradecer também a Vivo que colocou o social acima dolucro, disponibilizando estes torpedos para a divulgação da campanha”.
Segundo o gerente Regional RO/AC da Vivo, Luiz Henrique Ferri, a operadora irá enviar no dia 02 de maio 200 mil torpedos para seus clientes no Estado com o texto “Seja doador de sangue e de medula óssea. Um pequeno gesto que pode salvar muitas vidas Acesse: http://youtu.be/rkGhRqxBJwk. Hemocentro de Rondônia”.
“Atualmente nós estamos mantendo uma média de 400 bolsas de sangue por dia. Algumas vezes, precisarmos de um tipo especial de sangue e esta campanha vem ao encontro com as nossas necessidades, no sentido de conscientizar um numero cada vez maior de doadores de sangue e medula”, afirmou o presidente da Fhemeron, Orlando Ramires.
Doe você também
Seja doador de medula óssea. Para doar, basta que o candidato se cadastre, tenha entre 18 e 55 anos e apresente boa saúde. O cadastro pode ser feito em um dos hemocentros dos estados. Na ocasião, será feita a coleta de uma amostra de sangue de 5 ml para testes que determinam as características genéticas que são necessárias para a compatibilidade entre o doador e o paciente. Os dados são inseridos no cadastro do Redome e, sempre que surgir um novo paciente, a compatibilidade será verificada. Uma vez confirmada, o doador será consultado para decidir quanto à doação.
A campanha também tem como parceiros os Amigos do Transplante de Medula Óssea (ATMO) e Instituto Nacional de Apoio a Vida (Invida).

Nenhum comentário:

Postar um comentário