segunda-feira, 6 de maio de 2013

Rio aprova lei que facilita doação de medula óssea


São Paulo – Uma lei aprovada no Rio de Janeiro e publicada nesta segunda-feira (10) no Diário Oficial facilita o cadastro de doadores de medula óssea no estado. A norma autoriza o governo a realizar, no ato de doação de sangue na rede estadual, o teste de tipagem HLA e o envio dos dados para o Registro Nacional de Doadores Voluntários de Medula Óssea (Redome). 

O teste de tipagem HLA fornece características genéticas importantes para a seleção de um doador de medula óssea. A lei determina que a realização do teste e o envio de informações dependem de um termo de consentimento assinado pelo doador. 

Ainda segundo a determinação, o doador deverá ser informado que sua inclusão no Redome não implica na obrigatoriedade de doação, e essa será consentida por ele somente quando houver paciente compatível.
Segundo o Instituto Nacional do Câncer (Inca),  a chance de encontrar uma medula compatível é, em média, de uma em cem mil. Por isso ,quanto mais doares cadastrados, mais chance de compatibilidade.
Passos para se tornar doador de Medula Óssea
  • Ter entre 18 e 55 anos de idade e estar em bom estado geral de saúde
  • Procurar o hemocentro mais próximo da residência
  • Preencher um formulário com dados pessoais e fornecer 5ml de sangue para testes
  • É importante manter o cadastro atualizado para facilitar e agilizar o contato.

Nenhum comentário:

Postar um comentário