domingo, 2 de junho de 2013

Com ação inédita, Coritiba reverte a suspensão de argentino

Escudero teve pena reduzida no Coritiba Foto: Divulgação

O departamento jurídico do Coritiba aceitou a transação disciplinar desportiva proposta pela Procuradoria do Tribunal de Justiça Desportiva do Paraná, no caso do zagueiro argentino Sergio Escudero.
Os procuradores sugeriram o clube a realizar uma ação social para diminuir a pena de 360 dias que o jogador havia recebido. A diretoria vai promover uma campanha de doação de sangue para o Hospital das Clínicas do Paraná.
Assim, houve conversão da suspensão pelo prazo de 360 dias para duas partidas, por infração ao artigo 250 e suspensão de quatro partidas, por infração ao artigo 258, a serem cumpridas na Série A do Campeonato Paranaense de 2014. Além disso, Escudero foi multado no valor de R$ 5 mil.
Acolhendo sugestão da defesa, o procurador Marcelo Contini propôs também a realização de medida de interesse social, em forma de uma campanha de doação de sangue para o Hospital das Clínicas. A cada cem doadores, abonará uma partida de suspensão aplicada por infração ao artigo 258, com duração da campanha pelo prazo de 60 dias, que deverá ser divulgada pelo clube via site oficial.
"É um caso inovador no Brasil. A Procuradoria Desportiva e o TJD-PR entram para a história, uma vez que pessoas que precisam serão beneficiadas, além de mobilizar a torcida do Coritiba e conscientizar a população sobre a importância da doação de sangue", comentou o advogado Itamar Côrtes, do Coritiba.

Nenhum comentário:

Postar um comentário