segunda-feira, 10 de junho de 2013

Hemonúcleo de Santos participa de campanha para doação de sangue

Uma campanha está sendo realizada para atrair doadores em todo o Estado de São Paulo. É a campanha "Eu dou sangue por São Paulo". A campanha vai até o final deste mês e pretende atrair, só em Santos, no litoral de São Paulo, cerca de 200 doadores a mais do que em um mês normal. A iniciativa é da secretaria de Saúde do Estado de São Paulo, que fez um estudo que apontou que durante o frio o número de doadores diminui pelo menos 30%.
Segundo a enfermeira do hemonúcleo de Santos, Haidê Benetti de Paula, o hemonúcleo da cidade funciona em diversos locais. “O estoque de sangue do hemonúcleo caiu muito nesses últimos 15 dias, por conta da diminuição no número de doadores. A gente tem quatro agências transfusionais, além do hospital do Guilherme Álvaro e do nosso ambulatório, a gente também faz as transfusões de sangue”, afirma Haidê.
A enfermeira explica ainda quem pode doar. “Qualquer pessoa que esteja bem de saúde pode vir no hemonúcleo munido de um documento com foto. Precisa ter entre 18 e 65 anos e pesar no mínimo 50 quilos. Ele vai passar por uma entrevista aqui que a gente vai ver se ele pode doar ou não”, diz.
Segundo Haidê, quem tomar a vacina da gripe pode doar sangue normalmente. “A vacina da gripe contra indica a doação por apenas dois dias. Depois disso a pessoa já pode doar sangue. Quem está resfriado deve esperar de uma semana a 10 dias e depois pode doar sangue”, afirma a enfermeira.
Ainda de acordo com a enfermeira do hemonúcleo de Santos, um doador pode beneficiar até quatro pessoas. “O sangue total que é retirado do doador será fracionado. A gente tira dele o concentrado de massas, as plaquetas, o plasma, que já beneficia quatro pessoas. Além disso, você tem o concentrado de hemácias que pode ser dividido para vários bebezinhos, então a gente pode ajudar um monte de gente”, conta Haidê.
O hemonúcleo de Santos funciona dentro do Hospital Guilherme Álvaro que fica na rua Oswaldo Cruz, nº 197. O local funciona de segunda à sexta-feira, das 7h às 17h.

Nenhum comentário:

Postar um comentário