sexta-feira, 23 de agosto de 2013

Hemopa faz campanha de doação de sangue em escola em Icoaraci

Este final de semana será marcado pela solidariedade na escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Avertano Rocha, em Icoaraci, onde o Hemopa promove campanha externa de doação de sangue, de 8 às 16 horas. A previsão é de 100 coletas por dia. A ação vai reforçar o estoque do hemocentro, que enfrenta dificuldades desde a semana passada, com a redução do comparecimento de doadores.
A campanha faz parte do programa Doador do Futuro, que estimula o gesto solidário entre a classe estudantil do Estado. A atividade envolverá não apenas os alunos, como também professores, funcionários, familiares e a comunidade. Segundo a gerente de Captação de Doadores do Hemopa, Juciara Farias, desde o início do ano, o hemocentro já fez 50 campanhas externas em parceria com várias instituições.
“Esse é o caminho para o êxito das ações. Dependemos de iniciativas sociais de cada um”, destaca a gerente, lançando convite para a doação voluntária de sangue. “Faça do sábado um dia de solidariedade. Salve vidas com a sua coleta de sangue”, reforça. Guilherme Leal, 42 anos, atendeu ao apelo do Hemopa e fez a quarta doação de sangue. Antes, ele só havia doado na unidade móvel. “Como estou de folga, aproveitei para ajudar o Hemopa a salvar vidas”, afirma.
A doméstica Ângela da Conceição Souza, 39, é mãe do paciente Luís Renan Mendes de Souza, 12, portador de Doença de Gaucher que, desde os 9 meses, faz tratamento no Hemopa, sem precisar de transfusão de sangue. “Meu filho faz medicação a cada 15 dias aqui no ambulatório, onde a maioria recebe sangue. Por isso, apelo para todos que possam ajudar que doem sangue. Muitas vidas dependem desse ato”, frisa.
Juciara Farias explica que a Doença de Gaucher é um distúrbio genético herdado, progressivo e crônico. Pessoas com a enfermidade não têm níveis suficientes de uma enzima específica. Como resultado dessa deficiência, um material gorduroso, ou lipídico, se acumula no corpo. O acúmulo de lipídios nos órgãos e ossos pode causar sintomas leves e graves, os quais podem aparecer a qualquer momento durante a vida, desde a infância até a idade adulta.
Instituições interessadas em fazer parceria com o Hemopa podem entrar em contato pelos telefones 3224-5048 e 3242-5430, de segunda a sexta, de 8 às 18 horas, e aos sábados, até às 15 horas. O centro fica na travessa Padre Eutíquio, 2.109, e funciona, para coleta, de segunda a sexta-feira, de 7h30 às 18 horas, e aos sábados, de 7h30 às 17h. Mais informações: 0800-2808118.

Nenhum comentário:

Postar um comentário