segunda-feira, 12 de agosto de 2013

Imigrantes mobilizam-se para ajudar brasileira na luta contra a leucemia

image

Ana Almeida, casada e mãe de duas filhas, necessita urgentemente encontrar um doador compatível no registro nacional dos EUA
Ana Almeida, casada e mãe de duas meninas, foi diagnosticada com leucemia e precisa encontrar um doador de medula óssea compatível para sobreviver. Nenhum membro da família da brasileira é compatível para realizar a doação. Em virtude disso, Ana recorreu ao registro nacional dos Estados Unidos na esperança de encontrar alguém que possa conceder-lhe o presente da vida. Apesar de qualquer indivíduo poder ser um doador em potencial, as possibilidades de encontrar uma pessoa compatível são mais prováveis entre membros do mesmo grupo étnico, no caso, o brasileiro.

A Fundação Icla da Silva é o maior centro de recrutamento de doadores de medula óssea nos Estados Unidos. Com a média de 38 mil doadores adicionados à organização Be The Match Registry a cada ano, a instituição atua especialmente junto às comunidades de minoria étnica. A fundação foi criada em 1992, em memória da menina brasileira Icla da Silva, de 13 anos, natural de Maceió, Alagoas. Depois de 3 anos lutando contra a leucemia, Icla faleceu em Nova York, onde veio em busca de um transplante de medula óssea, o único tratamento que poderia salvar sua vida. Infelizmente, a jovem nunca encontrou um doador compatível.

Com escritórios na Costa Leste dos EUA e Porto Rico, a fundação continua expandindo seus esforços para proporcionar assistência e esperança à centenas de famílias em todo o mundo. A Fundação Icla da Silva é uma organização não governamental (ONG), sob a seção 501 (C) 3 do código IRS.

Os programas educacionais organizados pela Icla da Silva Foundation foram elaborados de forma a aumentar a conscientização do público em geral sobre a necessidade de diversificar o registro de doadores de medula óssea da Be The Match, enquanto recruta e mantém doadores voluntários. A entidade fornece informações e assessoria a pacientes e familiares que buscam tratamento adequado fora dos seus países de origem, caso ele não seja disponível.

O apoio dos imigrantes é essencial para que a Fundação Icla da Silva ajudem crianças e adultos com leucemia. “Juntos, vamos continuar a tocar a vida de muitas pessoas afetadas pela leucemia, provendo aos pacientes os doadores que salvarão suas vidas e aos familiares a assistência necessária”, informa o website: www.icla.org.
Há várias formas de ajudar. Se você for identificado como uma potencial compatibilidade para um paciente. Os representantes do centro de doação NMDP solicitarão outra mostra de sangue para confirmar a compatibilidade. Caso positivo, você será informado sobre o processo de doação de medula óssea e células-tronco e qual o procedimento ideal para esse paciente.

Para se preparar tanto para o procedimento de doação, o doador deverá comparecer à uma sessão para receber informações sobre o processo de doação e possíveis efeitos colaterais do procedimento. O doador será submetido a um exame físico para que seja determinado o estado de saúde e descobrir se existe algum risco especial para o doador em quaisquer procedimentos de doação. Os requerimentos de saúde são os mesmos para doações de medula óssea e células-tronco. O futuro doador é que decide o procedimento de doação. Após ser devidamente informada, a pessoa decidirá, com o apoio de parentes e amigos, se quer ou não se tornar um doador.
Mais informações através do e-mail: rosana@icla.org ou do portal eletrônico:  http://join.bethematch.org/salvandovidas  

*

Nenhum comentário:

Postar um comentário