segunda-feira, 12 de agosto de 2013

Trote de universidade verá compatibilidade de medula óssea dos calouros


Clique na foto para ampliar
Os voluntários doam amostra de sangue que será analisada características genéticas e verificarem possível compatibilidade com aqueles que esperam na fila por doação de medula.
Foto: Reprodução

Os calouros do Centro Universitário Anhanguera de Campo Grande, da unidade um, terão a oportunidade de se cadastrar no banco nacional para verificar compatibilidade como doador de medula óssea. Na terça-feira (13), a partir das 18h30, a Instituição e o Centro Hematologia Hemoterapia de Mato Grosso do Sul (Hemosul), coletam sangue no trote solidário que recepcionam os calouros do segundo semestre de 2013.
Os voluntários doam amostra de sangue que será analisada características genéticas e verificarem possível compatibilidade com aqueles que esperam na fila por doação de medula.
É a sexta edição do trote solidário na unidade, que também foi realizada no início do semestre passado no intuito de integrar calouros, veteranos, professores e funcionários da Instituição.
Segundo a responsável pela coleta de medula do Hemosul, Lucéia Maria Fernandes, o cadastro nacional é muito importante para elevar o número de doadores de medula óssea.
“Hoje o foco maior é os universitários, pois é um grupo jovem que acabou de entrar na maior idade”, explica.
 

Fonte: Gabriel Kabad - Capital News (www.capitalnews.com.br) 

Nenhum comentário:

Postar um comentário