domingo, 1 de setembro de 2013

Hemoal e Hemoar são habilitados como serviços assistenciais de emergência

Durante a abertura da Campanha de Doação de Sangue: Compromisso Social com a Vida, que será realizada pela Hemorrede Pública de Alagoas até a próxima sexta-feira (6), o governador Teotonio Vilela Filho anunciou a habilitação dos Hemocentros de Alagoas (Hemoal) e Regional de Arapiraca (Hemoar) como serviços assistenciais de emergência. A mudança de status do Hemoal e Hemoar, que eram serviços de urgência, segue a mesma classificação do Hospital Geral do Estado (HGE), atendendo a Resolução 151 da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).
Segundo a Resolução, as duas unidades são centros hematológicos e hemoterápicos de referência para todo o Estado, contando com equipe multidisciplinar qualificada para realizar o atendimento aos pacientes acometidos por quadros agudos e/ou crônicos nas áreas de hemoterapia e hematologia. Com a nova classificação, o Hemoal e Hemoar continuarão funcionando todos os dias da semana, durante 24 horas, a fim de garantir assistência hemoterápica e hematológica.
Com isso, além de fornecerem sangue e hemocomponentes em quantidade e qualidade a toda a demanda transfusional do Estado, os dois órgãos continuarão realizando os exames de diagnóstico e tratamento de pacientes com doenças hematológicas. Também permanecerão cadastrando voluntários como potenciais doadores de medula óssea e, a partir de agora, os usuários do SUS irão contar com assistência hematológica hospitalar 24 horas prestada no HGE.
Com o novo decreto, os 274 servidores da Hemorrede Pública de Alagoas passam a contar com um novo regime na folha de pagamento, significando um reajuste no salário, segundo índice salarial de cada categoria. Alteração que, segundo o governador Teotonio Vilela Filho, já está em vigor na folha de pagamento do mês de agosto.
“Uma ação que comprova o compromisso do Governo do Estado com a melhoria da qualidade de vida dos servidores públicos, dentro da Política de Valorização do Servidor, que é prioridade da atual gestão estadual. Estamos reconhecendo o trabalho qualificado, eficiente e humanizado que é prestado aos doadores de sangue e medula óssea, além dos pacientes com doenças hematológicas”, destacou o chefe do Executivo estadual.
Segundo o secretário de Estado da Saúde, Jorge Villas Bôas, a nova certificação do Hemoal e Hemoar ocorreu com base na Lei Federal nº 10.205/2001, Resolução nº 151/2001 e Portaria GM/MS nº 1.353/11. “Os dois órgãos prestam serviços de excelência para os alagoanos, garantindo sangue e hemocomponentes à demanda transfusional, diagnosticando e tratando de pacientes com doenças hematológicas. Estamos reconhecendo o trabalho de todos os servidores da Hemorrede Pública de Alagoas, que diariamente atuam nas mais diversas áreas para salvar vidas, tendo o reconhecimento de toda a população alagoana e do Governo do Estado”, evidenciou o titular da pasta da Saúde.
Em nome dos servidores da Hemorrede, a diretora Verônica Guedes agradeceu o governador e o secretário de Estado da Saúde pelo reconhecimento do Hemoal e Hemoar como serviços de emergência. “Sempre desempenhamos o papel de unidades com status de emergência, pois prestamos serviços emergenciais aos usuários do SUS, nos 102 municípios alagoanos. Nesta gestão, finalmente, fomos de fato reconhecidos pelo Governo do Estado, que após parecer da PGE [Procuradoria Geral do Estado], habilitou a Hemorrede Pública de Alagoas como serviço de emergência”, agradeceu.
Atuando há mais de 30 anos na Hemorrede, a chefe do Serviço Social do Hemoal, Maria das Graças Padilha, também agradeceu o chefe do Executivo, afirmando que a habilitação do Hemoar e Hemoal como serviços de emergência representava a concretização de um sonho de todos os servidores. “Sempre trabalhamos prestando um serviço de emergência. Agora, de fato e de direito, segundo o decreto nº 27.142, de 17 de julho de 2013, publicado no Diário Oficial do Estado, em 18 de julho de 2013, nossas unidades passam a figurar como serviços de emergência”, disse

Nenhum comentário:

Postar um comentário