quinta-feira, 12 de setembro de 2013

Uma semana muito especial para Pedro

Nara Lemos / Arquivo Pessoal
Com apenas dois anos, o pequeno Pedro luta contra a leucemia; transplante será na quarta-feira (Foto: Nara Lemos / Arquivo Pessoal)
O pequeno Pedro Lemos Sanches, de 2 anos, se prepara para um momento importante. Na próxima quarta-feira (11) vai realizar um transplante de medula óssea, na tentativa de curar uma leucemia. Internado desde a semana passada, ele tem feito sessões de quimioterapia.
Diagnosticado com a doença desde outubro do ano passado, o Hospital das Clínicas encontrou um doador 100% compatível com a sua: um rapaz de 27 anos, que mora na Alemanha.
A partir daí o impasse da existência de apenas seis leitos para atender transplantes no HC gerou insegurança na família, que não sabia quando o menino seria internado.
O hospital disse que o prazo era de três meses.
Expectativa
Porém, no final de agosto, Pedro foi internado para se preparar para o transplante. “Já está sendo um momento de expectativa, porque essa quimioterapia que ele está fazendo é mais forte. Ele teve reações, mas está bem”, afirma Nara Lemos, mãe do Pedro.
O tratamento quimioterápico visa matar a medula doente para que Pedro possa receber a medula saudável, por meio do transplante.
Enquanto toma essas medicações, o menino segue na área de isolamento, pois o tratamento é agressivo e o deixa praticamente sem imunidade.
“Os médicos disseram que depois do transplante ele ainda deve ficar de vinte a trinta dias internado, que é o tempo que eles dizem que a medula leva para começar a produzir células saudáveis”, conta Nara.
Pela rede social, Nara tranquiliza os amigos e a família. Como quase não pode receber visitas, Pedro tem matado a saudade dos familiares pelo Skype, onde também consegue ver a irmã Gabriela, de quem é quase inseparável.
Hospital confirma transplante para quarta-feira (11)
Em nota, a coordenadora da Unidade de Transplante de Medula Óssea do Hospital das Clínicas, Belinda Simões confirmou o transplante para a próxima quarta-feira (11).
Segundo a nota, o doador de 27 anos da Alemanha aceitou ser o doador da medula e, a partir disso, Pedro foi internado para se preparar para o transplante.
Uma pessoa da equipe do procedimento já foi definida para ir buscar a medula do doador, na terça-feira (10).
“Assim que a medula óssea chegar será infundida na criança”, diz a nota.
O Hospital das Clínicas tem seis leitos para transplantes, dois deles para reinternações.
Em nota enviada em julho, o hospital diz que o número de leitos deve ser ampliado, mas não informou quando nem quantos leitos a mais serão implantados.

fonte>>
http://www.jornalacidade.com.br/noticias/cidades/NOT,2,2,879083,Uma+semana+muito+especial+para+Pedro.aspx


Nenhum comentário:

Postar um comentário