quinta-feira, 7 de novembro de 2013

Campanha incentiva cadastro de Medula Óssea em Sergipe

Com o objetivo de ampliar o cadastro de doadores de Medula Óssea, realizado no Centro de Hemoterapia de Sergipe (Hemose), estudantes da disciplina Práticas Extensionistas II, do curso de Marketing e Propaganda da Universidade Tiradentes (Unit), iniciaram uma campanha de conscientização sobre o tema na segunda-feira (4) e  reuniu jovens universitários e membros do grupo Galera Sangue Bom.

No primeiro dia, a ação recebeu a adesão de 20 pessoas, a exemplo do estudante Francisco Carlos. “Sou doador de sangue e decidi fazer o cadastro para ajudar quem precisa do transplante de medula óssea. É uma satisfação colaborar com a iniciativa dos alunos da Unit. Acredito que essa campanha dará mais visibilidade ao serviço oferecido pelo Hemose”, enfatizou.


João Paulo Fontes cursa Educação Física na Unit e também realizou o cadastro na esperança de ajudar os pacientes que necessitam do transplante. “Se cada um fizer a sua parte, aumentam as chances de milhares de pessoas espalhadas pelo Brasil e pelo mundo. O procedimento é rápido, simples e é coletada apenas uma amostra de 5 ml de sangue”, afirmou.

De acordo com a gerente de Captação do Hemose, Teresa Leite Lisboa, os dados do candidato são inseridos no cadastro do Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea (Redome). Sempre que surge um paciente com a necessidade do transplante de medula, a compatibilidade é verificada. Uma vez confirmada, o doador será consultado para decidir se realmente deseja realizar a doação.

“A doação de medula óssea é uma atitude simples e voluntária, cuja única consequência é ajudar. 60% das pessoas que precisam desse recurso terapêutico não encontram doadores compatíveis na família e a chance de acontecer na população geral é muito pequena, aproximadamente de 1 em cada 100.000 habitantes”, esclarece Teresa Leite Lisboa.

Cadastro
Para fazer a inscrição junto ao cadastro de Medula Óssea, basta comparecer ao Hemocentro de Sergipe, apresentar documento oficial com foto válido em todo território nacional, estar bem de saúde e ter entre 18 e 55 anos. O serviço é realizado no Serviço Social de segunda à sexta-feira, das 7h30 às 17h. Mais informações, através dos telefones: (79) 3225-8000 e 3259-3174.

*Com informações da SES


fonte>>http://g1.globo.com/se/sergipe/noticia/2013/11/campanha-incentiva-cadastro-de-medula-ossea-em-sergipe.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário