quinta-feira, 7 de novembro de 2013

Transplante alogênico está autorizado no HUWC

O Ceará já é um dos estados autorizados a realizar transplantes alogênicos de medula óssea, quando o paciente recebe o órgão de um doador. Por meio de uma publicação no Diário Oficial da União em 22 de outubro, o Hospital Universitário Walter Cantídio (HUWC) recebeu o aval para o procedimento. O hospital, no entanto, ainda não realizou nenhum transplante do tipo. 

Segundo o chefe do Serviço de Hematologia e Transplante de Medula Óssea da unidade, Fernando Barroso, no momento, o hospital está selecionando pacientes a partir da existência de doadores e da condição clínica dos doentes para que o procedimento possa ser realizado. “É esse binômio que vai nos dar a previsão de quando será o primeiro transplante”, afirmou.

O médico relatou que não existe um número de pacientes que aguardam por transplantes de medula óssea no Estado, pois a demanda seria reprimida. No Brasil, segundo Barroso, a fila de espera possui uma média de seis mil pessoas.

Há quatro anos, o HUWC realiza apenas o transplante de medula do tipo autólogo, em que o paciente recebe células da própria medula. (Liana Costa)

Nenhum comentário:

Postar um comentário