quarta-feira, 16 de julho de 2014

Hemonúcleo precisa de mais doadores de sangue



As doações de sangue caíram mais de 30% no mês de julho, devido ao inverno e às férias escolares, segundo o gerente médico da Associação Beneficente de Coleta de Sangue (Colsan), Frederico Guimarães Brandão, que administra o Hemonúcleo de Sorocaba. O médico explica que a queda nas doações não chega a prejudicar o atendimento, mas é preciso melhorar a coleta. Pessoas da cidade se sensibilizam e realizam campanhas para incentivar a doação de sangue. Um exemplo é o grupo de alunos de uma academia do Jardim Guadalajara que está realizando uma campanha nos dias 19 e 26 deste mês, das 7h30 às 12h, no próprio Hemonúcleo, que fica na avenida Comendador Pereira inácio, 564, no bairro Lageado, ao lado da entrada do Hospital Leonor Mendes de Barros. 

A organizadora da campanha, Mariani Gomes, conta que, a princípio, a campanha era destinada apenas aos alunos da academia, mas que depois foi se expandindo para outros lugares. "O público-alvo são os jovens que se preocupam com a aparência. Queremos incentivá-los a ajudar outras pessoas, doando sangue." 

Mariani diz que a expectativa para a campanha é atingir mais de 100 pessoas. "Muitas pessoas vão doar pela primeira vez. Uma das coisas que privam a doação de sangue é a falta de informação. Estamos trabalhando com isso durante a campanha." A organizadora conta que a ação era um sonho próprio. "Meu sonho agora vai se concretizar e pretendo seguir adiante com isso, incentivando pessoas a salvarem vidas. Agora espero contar com a colaboração da população." 

Brandão diz que é importante que as pessoas doem sangue. "Vários grupos se mobilizam e todos são bem vindos. Nós só pedimos que nos avisem com antecedência, para que o atendimento seja coordenado." 

De acordo com o médico, os tipos sanguíneos que estão com os estoques mais baixos são O positivo e negativo, pois são os mais utilizados. Qualquer pessoa pode doar sangue, desde que esteja saudável e tenha peso acima de 50 quilos. A idade sugerida pelo médico é entre 16 e 69 anos. No local, é necessária a apresentação do documento de identidade com foto. No dia da doação é preciso estar bem alimentado e não ter ingerido bebidas alcóolicas. Mais informações pelo telefone: (15) 3224-2930. (Supervisão: Cida Vida)

fonte>>http://www.cruzeirodosul.inf.br/materia/558230/hemonucleo-precisa-de-mais-doadores-de-sangue

Nenhum comentário:

Postar um comentário