quarta-feira, 16 de julho de 2014

Hospital Infantil de Joinville será o 1º a realizar transplantes de medula em SC

Hospital Infantil Dr. Jeser Amarante Faria está liberado para realizar transplantes de medula óssea (Foto: James Tavares/Secom/Divulgação)



O Hospital Infantil Dr. Jeser Amarante Faria está liberado para realizar transplantes de medula óssea em crianças de Santa Catarina. A instituição que fica em Joinville, na região Norte, é a primeira a prestar o serviço no estado. Além a liberação, a secretária de Estado da Saúde Tânia Eberhardt também anunciou abertura de 27 leitos, dos quais 13 serão de UTI neonatal e 14 de internação psiquiátrica no hospital infantil.

De acordo com a secretária Tânia, o objetivo que é o hospital se torne referência estadual nessa modalidade cirúrgica. “Estamos autorizando o hospital a fazer os transplantes. É um avanço fenomenal para Santa Catarina, nossos pacientes não precisam mais ser transferidos para outros locais. O hospital está preparado para realizar os procedimentos a partir de agora”, afirma.
Hospital Infantil Dr. Jeser Amarante Faria em Joinville (Foto: Hospital Infantil Dr. Jeser Amarante Faria/Divulgação)
Esse procedimento permite aos médicos aumentar a força da quimioterapia. No procedimento, parte da medula óssea do paciente, que é responsável pela fabricação do sangue, é retirada e congelada. Depois acontecem as sessões de quimioterapia. Elas afetam a reprodução das células da medula que ficou no corpo. No fim, a medula congelada é reintroduzida no organismo e, a produção de sangue volta ao normal.

Independente das obras nas outras alas, a instituição possuí estrutura para realizar os procedimentos. Atualmente, cerca de 45 crianças por mês precisam ser transferidos para hospitais de outros estados. A primeira etapa será a implantação do transplante autólogo, que consiste na retirada das células do próprio paciente.

O hospital infantil atende cerca de 11mil pacientes por mês de todo o estado. “Há pouco mais de um ano o serviço de cardiologia foi implantado no Jeser Amarante Faria, e já somos referência no Estado. Entre abril de 2013 e de 2014, foram feitas 220 cirurgias. Nosso objetivo é fazer o mesmo com os transplantes de medula óssea infantil”, explica a diretora executiva do Hospital Infantil Jeser Amarante Faria, Estela Mari Galvan Cuchi.

Ainda segundo a secretária, agora Santa Catarina tem o facilitador interno para a realização das cirurgias. ““É um orgulho para Joinville, para os profissionais que atuam no hospital e, principalmente, uma vitória para nossas crianças”, ressalta Tânia Eberhardt.

Alas beneficiadas
Foi assinada uma ordem de serviço no valor de R$ 13,9 milhões para obras que incluem a aquisição de equipamentos e materiais hospitalares e obras que permitirão a abertura de 27 leitos, dos quais 13 serão de UTI neonatal e 14 de internação psiquiátrica do hospital infantil.
Investimentos
Além do Hospital Infantil Jeser Amarante Faria, os hospitais Hans Dieter Schmidt, Municipal São José, Bethesda, e algumas unidades básicas de Saúde de Joinville receberam investimentos do estado durante o segundo semestre.

A reforma da central de material e esterilização e do centro cirúrgico do Hospital Regional Hans Dieter Schimdt, envolvendo uma área de 1,6 mil metros quadrados e instalação de elevador e construção de rampa de acesso.
Autorização de um convênio com o Hospital Bethesda para aquisição de materiais para a instituição. Outros dois convênios envolveram o Hospital Municipal São José; o primeiro destinado à área oncológica da instituição e o segundo para a compra de um Arco em C (equipamento de radiologia portátil).
fonte>.http://g1.globo.com/sc/santa-catarina/noticia/2014/07/hospital-infantil-de-joinville-sera-o-1-realizar-transplantes-de-medula-em-sc.html


Nenhum comentário:

Postar um comentário