quarta-feira, 23 de julho de 2014

Instituições parceiras ajudam a renovar o estoque de sangue do Hemopa

O apoio de instituições públicas e privadas nas campanhas de reforço do estoque de sangue do Hemopa vem elevando gradativamente o quantitativo de bolsas de sangue do hemocentro, que vinha enfrentando dificuldades com a evasão de doadores desde junho deste ano. No sábado passado, por exemplo, 159 voluntários da Igreja Jesus Cristo dos Santos dos últimos Dias, integrantes do projeto “Mãos que Ajudam”, foram até a sede do Hemopa para fazer a sua doação espontânea.
Durante a semana, o hemocentro recebeu, ainda, o apoio de membros da Igreja da Trindade e de militares do 2° BIS. As cinco campanhas externas realizadas do dia 1º até o dia 16 de julho somaram 675 comparecimentos e 69 novos cadastros de doadores de medula óssea. As parcerias nesta primeira quinzena do mês vieram de integrantes da Igreja de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro e Castanheira Shopping Center. Nesse período, a unidade móvel do hemocentro também esteve na Avenida Presidente Vargas, em frente ao prédio do Banco do Brasil, para estimular o ato solidário junto ao público que se desloca pelo centro urbano de Belém.
Segundo a assistente social Rosicleide Teodósio, do total de voluntários que foram à sede do hemocentro no último sábado, 40 eram ligados ao grupo “Mãos que Ajudam”. Parceiros há vários anos, os voluntários se uniram para restabelecer o estoque estratégico do hemocentro, que teve movimento de candidatos à doação reduzido em aproximadamente 35%, nos meses de junho e julho, devido ao período festivo da quadra junina, comemorações da Copa do Mundo e férias escolares. Outro importante apoio também veio de jovens da  Igreja da Trindade Jovem. Eles fazem parte do segmento jovem que é responsável por 46% das doações efetivadas no Estado.
Doador espontâneo de sangue há cinco anos, o empresário Alexandre Brito, 35 anos, foi um dos doadores que compareceram no último sábado, 19. Ele relembra que doou pela primeira atendendo pedido de uma amiga “É um ato de solidariedade. Um dia eu posso precisar’’, disse Alexandre, que apesar de ter tatuagens, as fez há mais de um ano, tempo recomendado para uma nova coleta de sangue.
Quem pode doar sangue: Candidatos com boa saúde; idade entre 16 anos completos e 67 anos e peso acima de 50 kg. É necessário apresentar documento de identidade original e com foto. Não precisa estar em jejum, ao contrário, o doador deve estar bem alimentado. Com a doação são realizados exames para diversas doenças, entre elas Aids, Sífilis, Doença de Chagas, Hepatites, HTLV I e II, além de tipagem sangüínea. O homem pode doar a cada dois meses e a mulher a cada três. O resultado dos exames dos doadores podem ser obtidos on line, por meio do site wwW.hemopa.pa.gov.br, em 30 dias após a coleta do sangue. 
Quem pode fazer cadastro de doação de medula óssea: Homem ou mulher saudáveis, com idades entre 18 e 55 anos. Necessário portar documento de identidade original e com foto.
Serviço: O Hemopa espera por você na Tv. Padre Eutíquio, 2109. Funcionamento para coleta: de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 18h, e aos sábados, das 7h30 às 17h. Maiores informações pelo fone: 0800 280 8118, de 2ª a 6ª-feira, das 8h às 18h; e aos sábados, até as 17h.

fonte>>http://www.agenciapara.com.br/noticia.asp?id_ver=103395

Nenhum comentário:

Postar um comentário