sexta-feira, 5 de setembro de 2014

GEORGE CESAR OLIVEIRA PEREIRA PRECISA URGENTE DE SANGUE E PLAQUETAS.



PARA DOAR SANGUE PLAQUETAS PROCURE UMA DAS UNIDADES DA HEMOMINAS .
BELO HORIZONTE REGIÃO CENTRAL ALAMEDA EZEQUIEL DIAS 321 BELO HORIZONTE REGIÃO DO BARREIRO AV DR.CRISTIANO RESENDE 2.505 .BELO HORIZONTE REGIÃO DE VENDA NOVA .AV CRISTIANO MACHADO, 11.833 (QUARTO PISO AO LADO DO CINEMA SHOPING ESTAÇÃO BH POR FAVOR QUEM PUDER DOAR DE BOM CORAÇÃO PARA GEORGE CESAR OLIVEIRA PEREIRA TEM QUE DAR O NOME TODO DO GEORGE ELE NÃO ESTAR ENTERNADO FAZ TRANFUSSAO NO HEMOMINAS NO AMBULATÓRIO DO ALAMEDA EZEQUIEL DIAS PERTO DO PARQUE MUNICIPAL TELEFONE PARA CONTATO LÁ 37 68 45 62 OU 155 PARA AGENDAR PLAQUETAS NÃO ESQUEÇA O NOME DO GEORGE TODO MUITO OBRIGADO A QUEM DOAR PARA MEU FILHO .
SIMONE MÃE DO GEORGE .

UTILIDADE PÚBLICA: EM GOIÂNIA BEBÊ PRECISA URGENTEMENTE DE DOADORES DE SANGUE (QUALQUER TIPO SANGUÍNEO)



Matheus Kitagata Felisbino precisa urgentemente de doações de sangue de qualquer tipo. Quem estiver disposto a doar basta ir no banco de sangue do Hospital Araújo Jorge em Goiânia-Go e doar em nome da criança. Esse pequeno está fazendo tratamento contra um câncer e e precisa de sangue ! Abrace essa causa! Doe sangue, doe vida!

Naftali Gomes - Repórter Cidades
Whatsapp- (64)92582398

Garoto de 5 anos precisa urgente de sangue

 
Qualquer tipo sanguíneo pode ser doado no Banco de Sangue da Santa de Casa de Santos

 Em decorrência da forte ventania que atingiu a cidade de Santos, no último domingo, o garoto Gustavo Bulhões Lourenço, de 5 anos, está internado na UTI da Santa Casa de Santos com uma perfuração do baço e quadro de hemorragia. 

Ele está precisando urgente de doação de qualquer tipo de sangue. O horário do banco de sangue da Santa Casa de Santos é de segunda à sexta-feira, das 7 as 17 horas. Aos sábados o local funciona das 7h30 às 12h. As doações devem ser feitas em nome de Gustavo Bulhões Lourenço. 

O Banco de Sangue fica localizado na Avenida Independência, número 75. 

 Veja abaixo o necessário para fazer a doação:

- Apresentar documento com foto, válido em todo território nacional

- Ter entre 16 e 69 anos de idade (de 16 a 18 anos de idade, devem estar acompanhados por responsáveis)

- Ter peso acima de 50 kg

Quem não pode doar?

• Quem teve diagnóstico de hepatite após os 11 anos de idade

• Mulheres grávidas ou amamentando

• Pessoas que estão expostas a doenças transmissíveis pelo sangue como AIDS, hepatite, sífilis e doença de chagas

• Usuários de drogas

• Quem teve relacionamento sexual com parceiro desconhecido ou eventual, sem uso de preservativos

• Quem fez tatuagem há menos de um ano

Recomendações para o dia da doação:

• Estar alimentado, com intervalo mínimo de 3 horas entre a refeição e a doação

• Dormir no mínimo 6 horas na noite anterior à doação

• Não ingerir bebidas alcoólicas nas 12 horas anteriores à doação

• Evitar fumar por pelo menos duas horas antes da doação

• Evitar alimentos gordurosos nas 3 horas antecedentes à doação

• Pessoas que exercem profissões que exijam pilotar avião ou helicóptero, conduzir ônibus ou caminhões de grande porte, subir em andaimes e praticar pára-quedismo ou mergulho devem interromper as atividades por 12 horas.

http://www.diariodolitoral.com.br/conteudo/41050-garoto-de-5-anos-precisa-urgente-de-sangue

Anemias e falência da medula óssea são temas de evento em São Paulo



VI Encontro do Comitê de Glóbulos Vermelhos e do Ferro da ABHH e Curso da Escola Brasileira de Hematologia acontecerá dias 4, 5 e 6 de setembro na capital paulista
Os diversos tipos de anemias, a falência da medula óssea e hemoglobinúria paroxística noturna (HPN) serão temas do VI Encontro do Comitê de Glóbulos Vermelhos e do Ferro da Associação Brasileira de Hematologia, Hemoterapia e Terapia Celular (ABHH), entre os dias 4, 5 e 6 de setembro, no Hotel Pullman São Paulo Ibirapuera - Rua Joinville, 515 - Vila Mariana.

Com o objetivo de promover o desenvolvimento educacional e científico de seus participantes, as atividades serão norteadas pela abordagem de aspectos referentes ao campo diagnóstico e terapêutico, sobre os grandes temas que compõem a grade programática. Direcionado a hematologistas, hemoterapeutas e profissionais de áreas relacionadas à especialidade, o encontro promove a troca de experiências e contribui para o estabelecimento de estudos multicêntricos entre as instituições presentes.

A doença falciforme (anemia hereditária caracterizada pela alteração dos glóbulos vermelhos), anemia aplástica (doença em que a medula não produz quantidade suficiente de glóbulos vermelhos, brancos e plaquetas), de Fanconi (doença rara causada por uma deficiência na medula óssea que impede a produção de células sanguíneas normais) e anemia no idoso no Brasil serão destaques da programação, além de metabolismo do ferro e suas doenças e a síndrome mielodisplásica, tipo de câncer de sangue. 
A falência medular, que acontece quando há deficiência na produção de sangue, será abordada, assim como a hemoglobinúria paroxística noturna, um tipo de anemia causada pelo defeito na membrana das hemácias, rara e que atinge ambos os sexos.

Serviço:
Evento: VI Encontro do Comitê de Glóbulos Vermelhos e do Ferro
Data: 4 a 6 de setembro
Local: Hotel Pullman São Paulo Ibirapuera - Rua Joinville, 515 - Vila Mariana
Organização: ABHH - Associação Brasileira de Hematologia, Hemoterapia e Terapia Celular
Para mais informações: http://abhheventos.com.br/globulosfmsmd2014/?p=296

Pastoral da Saúde Lança Campanha Nacional de Doação de Órgãos e Tecidos




É seguindo os passos de Jesus Cristo que a Pastoral da Saúde descobre o seu lugar e importância na sociedade. A vida é o dom mais precioso com que Deus agraciou o ser humano. Proteger a vida é uma missão sagrada de todos.

Num esforço de esclarecer e sensibilizar a sociedade em prol da doação de órgãos e tecidos para transplantes, a Pastoral da Saúde, com o apoio do FDS (Fundo Diocesano de Solidariedade), lança Campanha para discutir o tema com a comunidade e pela doação, gerar mais vida para todos.

Propomos que na Semana de 21 a 27 de setembro, se intensifiquem reflexões e iniciativas em favor da Vida: reflexões sobre a Palavra de Deus, celebrações especais, gestos de oferta simbólica da vida, cadastro de doação de medula óssea, doação de sangue, divulgação de informação sobre o assunto.

 

Informações importantes:

O Catecismo da Igreja Católica afirma: “a doação gratuita de órgãos após a morte é legítima e pode ser meritória” (n. 2301).

A encíclica Evangelium Vitae ensina: “merece particular apreço a doação de órgãos feita segundo normas eticamente aceitáveis para oferecer possibilidades de saúde e de vida a doentes, por vezes já sem esperança” (n. 86).

 “Encorajamos as pessoas e especialmente as famílias a que – livre, conscientemente e com a devida proteção legal – doem órgãos como gesto de amor solidário em consonância com o evangelho da vida. Certamente estamos diante de um gesto nobre e comovente: um sim à vida. ..Encorajamos a todos a colaborarem sempre mais com as doações de sangue e de medula óssea, tão necessárias. A doação de órgãos não contraria à fé cristã na ressurreição final, pois “Deus dá vida aos mortos e chama à existência o que antes não existia” (Rm 4,17). Todos aqueles que se dispõem a doar órgãos aos irmãos, tenham a certeza de que o amor e tudo o que se faz por amor permanecerão para sempre: “o amor jamais acabará” (1Cor 13,8).”

(CNBB)


http://www.paranashop.com.br/colunas/colunas_n.php?id=27930&op=saude

Hemonúcleo promove campanha em Brasilândia



O Hemonúcleo de Três Lagoas realizará no dia 13 de setembro campanha de coleta de sangue na cidade de Brasilândia. Com o intuito de normalizar o estoque de bolsas de sangue o órgão também está entrando em contato com diversas empresas da cidade para que os colaboradores se disponibilizem a doar.

De acordo com a assistente social do órgão, Jaqueline Rovari, as bolsas de sangue atendem a Santa Casa, o Hospital Universitário e o Hospital Regional. “Mesmo fazendo a convocação de doadores através do cadastro fidelizado, o número de bolsas não é o suficiente para atender a demanda. Para melhorar a situação do banco de sangue, vamos fazer esta campanha em Brasilândia e, além disso, estamos entrando em contato com diversas empresas para que seja possível aumentar o estoque”, explicou.

Jaqueline informa que, em Três Lagoas, empresas, lojas de comércio e clubes de serviço podem entrar em contato com o Hemonúcleo através do telefone 3522-7959 e agendar o horário para doação, que pode ser nos fins de semana ou mesmo no período noturno durante a semana.
Nos últimos meses, a média mensal de doações estava em torno de 250 a 300 bolsas mensais. No entanto, agosto teve uma queda considerável. “Por causa da convocação que fizemos, na semana passada, conseguimos estocar cerca de 100 bolsas. Mas ainda é muito pouco. O ideal é coletar entre 600 e 800 bolsas de sangue por mês”, informou.

Segundo a assistente social, os tipos de sangue que mais faz falta no Hemonúcleo são os tipos A-, AB-, AB+ O- e, principalmente, O-. “Mas, independente do seu tipo sanguíneo o importante é doar”, ressaltou.

Além de Três Lagoas, o núcleo abastece também os hospitais de Selvíria, Bataguassu, Brasilândia, Santa Rita do Pardo e Água Clara. Para atender toda essa demanda e conseguir trabalhar com mais tranquilidade, Jaqueline diz que “o ideal seria o cadastramento de novos doadores no banco de dados do órgão”.

Para doar sangue é simples, mas o doador não pode estar gripado ou com qualquer infecção. Precisa estar descansado e alimentado, não ter ingerido bebida alcoólica nas últimas doze horas, ter entre 18 e 67 anos – os menores de idade podem doar desde que acompanhado dos pais ou de um responsável – e pesar mais de 50 Kg.O Hemonúcleo está localizado na rua Manoel Rodrigues Artez, 520, no bairro Colinos. O horário de funcionamento é das 7h às 11h30. Mais informações pelo telefone 3522-7959.

INCENTIVO
No último dia 18 de julho, foi sancionada lei municipal que estabelece atendimento prioritário para doadores de sangue e de medula óssea em Três Lagoas. De acordo com o disposto na lei, todos os estabelecimentos comerciais varejistas e de prestação de serviço de qualquer natureza darão atendimento prioritário às pessoas que apresentarem comprovantes de doação.

A lei prevê também que o os estabelecimentos deverão afixar, em local visível, placa ou cartaz informando de forma clara aos consumidores sobre o atendimento prioritário. Os estabelecimentos deverão ter no mínimo um caixa para o atendimento prioritário. Já as empresas que possuem pavimentos superiores com caixas de atendimento deverão manter atendimento prioritário de no mínimo um caixa por andar.

Os estabelecimento que estiverem irregular estarão prazo de dez dias, sem prorrogação. Sábado, domingos e feriados também contam do prazo a partir do primeiro dia útil subsequente da data da notificação. Em caso de descumprimento total ou parcial da notificação, o estabelecimento está sujeito a multa de 200 UFIMs (Unidade Fiscal Municipal). Caso haja reincidência, a multa a ser aplicada será acrescida de 200UFIMs.

De acordo com o texto da lei, o dinheiro arrecadado deverá ser revertido para campanhas de divulgação e incentivo a doação de sangue e medula óssea.

 
http://www.jptl.com.br/?pag=ver_noticia&id=70087

Campanha Lançada em Rede Social Convida para Doação de Sangue



Inspirados na campanha “Bombeiros Sangue Bom”, realizada em todos os anos pelo Corpo de Bombeiros, vários internautas de Catanduva lançaram nesta semana em uma rede social a campanha “Catanduvense Sangue Bom”, com intuito de aderir ainda mais doadores em prol a causa. Nos primeiros dias do desafio lançado, já houve a adesão de 60 doadores, um número bem expressivo para o banco de sangue do hemonúcleo local. A ação também recebeu apoio institucional do Corpo de Bombeiros. 
Ainda segundo um dos participantes, o Juiz do Trabalho, Dr. Wagner Ramos de Quadros, além dos bombeiros,  a Justiça do Trabalho de Catanduva, a ONG Centésima Consciência e uma empresa de produtos veganos já declararam apoio à campanha. Outras parcerias estão sendo procuradas.
“O objetivo é ultrapassar os 100 doadores. Mas é possível que os números sejam ultrapassados”, apontam. 
Dentro os objetivos da campanha estão salvar vidas por meio da doaçã, e estimular o desenvolvimento do espírito de solidariedade nas pessoas. As doações iniciaram no dia 24 e seguem até o dia 19 de outubro. 
“Para quem quiser participar dessa maravilhosa campanha fazendo sua doação,   é muito simples, basta comparecer ao hemonúcleo de Catanduva, na rua 13 de maio 974, entre quarta e domingo,  das 7h às 13h e dizer que está oferecendo sua doação de sangue para a Campanha Catanduvense Sangue Bom”, informa. 
Os doadores ainda ressaltam que o Hemonúcleo conta com uma equipe de profissionais competentes que somente fará a coleta do sangue após prestar todos os esclarecimentos e avaliar todas as dúvidas do doador e suas condições pessoais. “Doar sangue significa doar vida. Vamos mostrar que o catanduvense realmente é Sangue Bom”. 
Todas as doações realizadas são divulgadas na rede social, para que demais pessoas se motivem e façam a doação. Cada pessoa convidada se compromete a mobilizar outras pessoas para comparecerem à unidade. 
Para marcar o encerramento da campanha, os doadores pretendem reunir um  grupo de 30 pessoas  para fazer a doação no dia 19 de outubro. 

Por: Patrícia Santos

Bicolores e Azulinos se unem pela causa da doação de sangue





As duas maiores torcidas de futebol do Pará voltam a se encontrar, mas desta vez fora do campo e por uma boa causa: a doação de sangue. De  22 a 27 de setembro acontece a terceira edição do “RE x PA da doação de sangue”, na sede da Fundação Hemopa, em Belém, e também com o apoio da unidade móvel do hemocentro. O confronto solidário organizado para promover a paz entre as torcidas e elevar o número de coletas no estado, contará com a parceria da Associação de Sócios do Clube do Remo (ASSOREMO) e da 'Sou Papão'. As duas campanhas anteriores somaram 1.108 coletas, que ajudaram cerca de 4.432 pacientes atendidos pelas rede pública e privada de saúde. A meta desta vez é de 750 doações.

A última mobilização, em fevereiro deste ano, reuniu centenas de torcedores e teve como saldo final a coleta de 626 bolsas de sangue, resultado considerado bastante animador pela gerente de Captação de Doadores do Hemopa, a assistente social Juciara Farias, que não economizou agradecimentos à iniciativa das duas torcidas. “É reconfortante perceber que a solidariedade ainda é capaz de unir mesmo rivais tradicionais, como remistas e bicolores, que deixam suas diferenças de lado para salvar vidas com a doação de sangue”, observou, apostando na superação da meta de doações nessa nova versão da campanha.

“’A diretoria dos dois clubes estão satisfeitas com os resultados alcançados e tem se empenhado em divulgar a causa. O bom deste jogo é que não há perdedores, ao contrário, todos saem ganhando’, diz André Anaisse, membro da ASSOREMO. Para Diego Cuimar, da 'Sou Papão', o objetivo maior da campanha é incentivar a população a doar sangue regularmente. “Pelos números obtidos anteriormente, a campanha provou ser um sucesso e a tendência é que alcancemos índices ainda melhores nesta nova edição. Sou doador habitual desde 2012 e sei como é importante despertar esse incentivo na população”, ressaltou.

O advogado André Luiz, 24, torcedor do Remo, participou das duas primeiras edições e já se programa para a terceira “Vou doar e contar um ponto para o Leão. Vamos atrás de mais uma vitória, só que desta vez pela vida. Esta é uma excelente maneira de promover a causa, porque restabelece o estoque de sangue e une torcedores que são rivais, mas não inimigos. Tenho certeza que meus amigos bicolores irão colaborar também’’.

A pequena Ana Luíza Palma Monteiro, 9, não é remista nem alvi-celeste, mas torce para que a campanha seja um sucesso. Portadora de anemia falciforme (doença hereditária que causa a má formação das hemácias), ela recebe tratamento no Hemopa desde os sete meses de vida. A mãe, Elisângela Palma Monteiro, 35, conta que a filha, com tipo de sangue O Positivo, recebia de três a quatro transfusões sanguíneas mensais até os três anos. Depois de retirar o baço – para otimizar o tratamento – a menina passou a receber apenas três transfusões ao ano. ‘’Sou torcedora do papão e acho incrível como a rivalidade entre Remo e Paysandu pode ser benéfica se trabalhada desta forma. Um precisa do outro, não somente no esporte, mas em todo lugar, o tempo todo. Essa é a lógica da sociedade. Somos seres humanos’’, destacou Elisângela, que sempre acompanha a filha durante o tratamento.

Juciara Farias orienta que o voluntário deve informar, no ato de seu cadastro, para qual clube torce para que o ponto da doação seja contabilizado no placar, que vai ser divulgado às 18h, do dia 27 de setembro.

Quem pode doar sangue: Qualquer pessoa com boa saúde; idade entre 16 anos completos e 69 anos e peso acima de 50 kg. Menores de 18 anos só podem doar com autorização dos pais ou responsáveis. Necessário apresentar documento de identidade original e com foto. Não precisa estar em jejum, ao contrário, o doador precisa estar bem alimentado. O homem pode doar a cada dois meses e a mulher a cada três.

Serviço: O Hemopa funciona na Travessa Padre Eutíquio, 2109. Alô Hemopa: 0800 280 8118.

Vera Rojas Rojas
Fundação Centro de Hemoterapia e Hematologia do Pará


fonte>>http://www.agenciapara.com.br/noticia.asp?id_ver=104629

Jefferson não está mais conosco!

Emanuel não está mais conosco!

Arthur não está mais conosco!

Luciano Chaves Porto Neto,não está mais conosco!



Aninha Porto

Dor forte que tenho dentro do meu coração lutei com meu principe Luciano Chaves Porto Neto ate o fim, , passamos por cada sofrimento juntos tinha horas q eu mesma não aguentava mais,mais ele com aquele olhar lindo diziam mamãe tenho força eu quero viver e preciso da senhora ao meu lado. ..mas Deus não nos deixou sozinhos não tínhamos mtos anjos em oração...Deus colocou profissionais maravilhosos na vida do meu filho...as técnicas de enfermagem logo do início de vida do me Lu ....Claudiana, Arlene Tavares Almeida, Marcia, Glenya Braga, Chirlene Frota de Vasconcelos, Bruno Ribeiro dentro outros q admiro muito.....Dr . Rafael Pinheiro nossa falar do senhor é mto fácil vc foi na vida do meu filho um anjo lutou correu atrás de ajudar ele de todo jeito te admiro muito e vc nasceu pra isso pra ser um anjo na vida dessas crianças, Dra.Luciana tão pequena e tao dedicada ao meu filho Deus te abençoe e continue essa medica maravilhosa que vc é. .Dr..Sáile Kerbage minha admiração  por vc tb é enorme enfim....meu filho foi uma criança muito amada por todos agradeço todo o amor por ele....dor dor dor tenho dentro do meu coração pois já não vou ter meu guerreiro em meu braços...mas dentro do meu coração vai ficar pro resto de minha vida....mamãe daria a vida por vc meu Lu mais Deus não me deu essa capacidade, olhe pela mamãe ai junto do papai do céu. ......um dia vc vai voltar pros meus braços outra vez só que ser dor. ..

Pedro Henrique não está mais conosco!

Não está mais conosco!



Descanse em paz minha princesa Nônô! Obrigado por tudo que me ensinaste, eternamente grato a Deus por ter tido a oportunidade de te conhecer!