sexta-feira, 5 de setembro de 2014

Hemonúcleo promove campanha em Brasilândia



O Hemonúcleo de Três Lagoas realizará no dia 13 de setembro campanha de coleta de sangue na cidade de Brasilândia. Com o intuito de normalizar o estoque de bolsas de sangue o órgão também está entrando em contato com diversas empresas da cidade para que os colaboradores se disponibilizem a doar.

De acordo com a assistente social do órgão, Jaqueline Rovari, as bolsas de sangue atendem a Santa Casa, o Hospital Universitário e o Hospital Regional. “Mesmo fazendo a convocação de doadores através do cadastro fidelizado, o número de bolsas não é o suficiente para atender a demanda. Para melhorar a situação do banco de sangue, vamos fazer esta campanha em Brasilândia e, além disso, estamos entrando em contato com diversas empresas para que seja possível aumentar o estoque”, explicou.

Jaqueline informa que, em Três Lagoas, empresas, lojas de comércio e clubes de serviço podem entrar em contato com o Hemonúcleo através do telefone 3522-7959 e agendar o horário para doação, que pode ser nos fins de semana ou mesmo no período noturno durante a semana.
Nos últimos meses, a média mensal de doações estava em torno de 250 a 300 bolsas mensais. No entanto, agosto teve uma queda considerável. “Por causa da convocação que fizemos, na semana passada, conseguimos estocar cerca de 100 bolsas. Mas ainda é muito pouco. O ideal é coletar entre 600 e 800 bolsas de sangue por mês”, informou.

Segundo a assistente social, os tipos de sangue que mais faz falta no Hemonúcleo são os tipos A-, AB-, AB+ O- e, principalmente, O-. “Mas, independente do seu tipo sanguíneo o importante é doar”, ressaltou.

Além de Três Lagoas, o núcleo abastece também os hospitais de Selvíria, Bataguassu, Brasilândia, Santa Rita do Pardo e Água Clara. Para atender toda essa demanda e conseguir trabalhar com mais tranquilidade, Jaqueline diz que “o ideal seria o cadastramento de novos doadores no banco de dados do órgão”.

Para doar sangue é simples, mas o doador não pode estar gripado ou com qualquer infecção. Precisa estar descansado e alimentado, não ter ingerido bebida alcoólica nas últimas doze horas, ter entre 18 e 67 anos – os menores de idade podem doar desde que acompanhado dos pais ou de um responsável – e pesar mais de 50 Kg.O Hemonúcleo está localizado na rua Manoel Rodrigues Artez, 520, no bairro Colinos. O horário de funcionamento é das 7h às 11h30. Mais informações pelo telefone 3522-7959.

INCENTIVO
No último dia 18 de julho, foi sancionada lei municipal que estabelece atendimento prioritário para doadores de sangue e de medula óssea em Três Lagoas. De acordo com o disposto na lei, todos os estabelecimentos comerciais varejistas e de prestação de serviço de qualquer natureza darão atendimento prioritário às pessoas que apresentarem comprovantes de doação.

A lei prevê também que o os estabelecimentos deverão afixar, em local visível, placa ou cartaz informando de forma clara aos consumidores sobre o atendimento prioritário. Os estabelecimentos deverão ter no mínimo um caixa para o atendimento prioritário. Já as empresas que possuem pavimentos superiores com caixas de atendimento deverão manter atendimento prioritário de no mínimo um caixa por andar.

Os estabelecimento que estiverem irregular estarão prazo de dez dias, sem prorrogação. Sábado, domingos e feriados também contam do prazo a partir do primeiro dia útil subsequente da data da notificação. Em caso de descumprimento total ou parcial da notificação, o estabelecimento está sujeito a multa de 200 UFIMs (Unidade Fiscal Municipal). Caso haja reincidência, a multa a ser aplicada será acrescida de 200UFIMs.

De acordo com o texto da lei, o dinheiro arrecadado deverá ser revertido para campanhas de divulgação e incentivo a doação de sangue e medula óssea.

 
http://www.jptl.com.br/?pag=ver_noticia&id=70087

Nenhum comentário:

Postar um comentário