segunda-feira, 6 de outubro de 2014

ABRALE lança campanha de conscientização sobre LLC (Leucemia Linfoide Crônica)


O evento será durante 1º Congresso “Todos Juntos Contra o Câncer” em São Paulo


Leucemia (ABRALE) acaba de lançar a campanha “LLC: Cada Vida, Uma História – um tipo de leucemia que merece atenção”. O objetivo é levar para a população conhecimentos sobre a LLC, Leucemia Linfóide Crônica, tipo de leucemia mais comum em pessoas acima de 50 anos, com sintomas que podem se confundir com outras doenças, dificultando o diagnóstico.
 
Além de disseminar informações sobre este tipo de câncer dos glóbulos brancos, a campanha quer mobilizar a classe médica e os profissionais de saúde para a realização do diagnóstico e o conhecimento das opções de tratamento, visando oferecer alternativas mais eficientes para os pacientes. “Nosso desafio é sensibilizar diferentes públicos para a importância de detectar e tratar a LLC, uma leucemia considerada rara”, comenta Carolina Cohen, Diretora Institucional da ABRALE.
 
O diagnóstico da LLC é confirmado por meio de exames específicos do sangue e da medula óssea, entretanto um simples hemograma pode sinalizar para o médico alterações que demandem investigação com exames mais detalhados. “Como a LLC pode ficar assintomática durante algum tempo ou apresentar sintomas comuns a outras doenças, como cansaço, falta de ar e febre, os pacientes podem passar meses até descobrirem a doença”, alerta Daniel Tabak, hematologista, oncologista e membro do Comitê Científico Médico da ABRALE.
 
De acordo com o médico, muitos pacientes acabam detectando a doença em exames de rotina. A contagem irregular de glóbulos brancos e vermelhos e plaquetas pode indicar a necessidade uma pesquisa mais aprofundada por meio de mielograma, exame citogenético ou imunofenotipagem para confirmar o resultado para LLC.
 
Sobre a LLC – Leucemia Linfóide Crônica
Mais frequente em pessoas com mais de 50 anos de idade, a LLC é causada por uma lesão no DNA dos linfócitos B, células que normalmente atuam no combate a infecções. Ocorre um aumento descontrolado no número desses glóbulos brancos na medula óssea e no sangue e eles deixam de funcionar como deveriam. A LLC pode ser assintomática em muitos casos, além de evoluir lentamente, o que atrasa tanto o diagnóstico quanto o tratamento. Quando presentes, os sintomas podem se confundir com outras doenças. Os sintomas mais comuns são: cansaço e falta de ar (relacionados à diminuição na produção de glóbulos vermelhos), febre vespertina, sudorese noturna, infecções recorrentes de pele, pulmões, rins e o aumento dos gânglios linfáticos, do fígado e baço.


Por: S2Publicom 

Nenhum comentário:

Postar um comentário