segunda-feira, 6 de outubro de 2014

Aprovado projeto que cria centro de transplante de medula óssea em MS

O projeto foi aprovado em segunda votação na sessão desta terça-feira.
Adolescente morreu no domingo enquanto aguardava transplante.

Os deputados aprovaram na sessão desta terça-feira (23), em segunda votação, o texto que institui a implantação de Centro de Transplante de Medula Óssea e Laboratório de Células Tronco-Hematopoiéticas no Hospital Regional de Mato Grosso do Sul. O projeto aprovado prevê, ainda, a criação de políticas para mobilizar a população em relação à doação de medula óssea.

 Uma das justificativas apontadas para aprovar o projeto, que deve custar R$ 26 milhões só na construção da unidade no Hospital Regional, é a distância até o centro de transplante mais próximo, que fica no município de Jaú, em São Paulo.

Morte
O projeto foi aprovado dois dias após a morte da adolescente Caroline Flores, de 12 anos, que mobilizou uma campanha de doação de medula óssea em Campo Grande. Ela morreu na manhã domingo (21).  Segundo a família, a jovem teve câncer quando tinha 8 anos de idade. Com tratamento se recuperou, mas a doença voltou a se manifestar e, segundo os médicos, a única alternativa seria o transplante de medula.

Como exames apontaram que entre os familiares e amigos ninguém foi considerado apto para a realização do procedimento, a família fez uma campanha para cadastrar o maior número possível de pessoas interessadas em fazerem a doação, já que a chance de se encontrar um doador compatível é de uma em 100 mil.


http://g1.globo.com/mato-grosso-do-sul/noticia/2014/09/aprovado-projeto-que-cria-centro-de-transplante-de-medula-ossea-em-ms.html

Nenhum comentário:

Postar um comentário